• Português

A história da criação (18)

Da versão original Creation´s Story
Publicada pela John Ritchie Ltd., Escócia
Versão em português autorizada pela Editora A Verdade
www.editoraverdade.com.br

CAPÍTULO 18

NOSSO CÉREBRO IMPRESSIONANTE

No decorrer de um dia, fazemos centenas de coisas e falamos ou lemos centenas de palavras. Mas podemos pensar milhões de pensamentos. Todos os nossos pensamentos são gerados e coordenados no cérebro numa estrutura verdadeiramente fantástica e complexa. Muitos pensamentos são tão passageiros, que mal os notamos ou relembramos, enquanto outros são deliberados e profundos. Alguns provocam sorrisos, outros trazem ansiedade e tristeza. Alguns irão originar ações, outros iremos rejeitar. São os nossos pensamentos que criam as nossas palavras e ações, para o bem ou para o mal. Assim, pensamentos diretos e controlados são essenciais para uma vida que agrada a Deus e é útil para o próximo. Assim diz a Bíblia - "tudo o que é verdadeiro... justo... puro... amável... de boa fama... virtude... e louvor, seja isso o que ocupe o vosso pensamento" (Filipenses 4:8).

Quando Deus criou o homem à Sua imagem, Ele criou o corpo, a alma e o espírito. O cérebro faz parte do corpo - cirurgiões podem removê-lo da sua estrutura protetora (o crânio), segurá-lo em suas mãos, e muitas vezes até corrigir algum dano causado por acidente ou doença, mas ninguém consegue segurar um pensamento - não faz parte do corpo. Nem ninguém consegue ter as mãos na mente - ela também não é algo físico. A mente é muito próxima da alma, de fato, por vezes nas Escrituras ela é identificada com isso. A mente e a alma usam e direcionam os pensamentos - intangíveis e invisíveis, mas de tão grande valor potencial para Deus e para o homem. Meditações, resoluções, decisões, avaliações, tudo envolve a mente e a alma; na verdade elas dão forma e moldam a mente e a alma, a verdadeira e significante personalidade, a pessoa que é você, apenas você e eternamente você. Meditações e resoluções são muito importantes!

Assim como a mão é necessária para a execução e os lábios para o falar, também o cérebro é necessário para o pensamento. Ainda não é completamente conhecido como os pensamentos são criados, como memórias são guardadas e relembradas e como ideias são inventadas e expressadas. Também é apenas parcialmente compreendido como o cérebro controla todas as partes funcionais do corpo, inconscientemente mantendo os nossos sistemas em funcionamento. O cérebro, que nos ajuda a compreender tanta coisa, tem sido descrito como além do nosso entendimento. Ele é justificadamente chamado da mais complexa estrutura do universo.

A Estrutura do Cérebro

O cérebro tem sido comparado a um computador, mas as suas capacidades de memória, função, rapidez e durabilidade vão muito além do melhor computador alguma vez criado, ou que possa vir a ser criado; ou comparado com o centro de controle de um aeroporto movimentado, mas gerindo um sistema muito mais complexo do que tudo isso junto; ou a uma rede de circuitos de informação centenas de vezes mais complexa que o sistema de telefonia do mundo - se o diagrama de circuito pudesse ser desenhado, ele cobriria uma área de várias milhas quadradas. De todos os ângulos, o cérebro excede a todos em complexidade e eficiência.
 
Alguns fatos são bem estabelecidos sobre o cérebro humano. É a mais poderosa máquina pensante que pode ser construída a partir de átomos neste mundo.

  •  Pesa cerca de 1,4 kg, maior que o de qualquer mamífero, exceto a baleia e o elefante. Mas, em termos proporcionais, o cérebro humano é bem maior, com cerca de 2% do peso do corpo. O cérebro do elefante, cerca de quatro vezes maior, tem apenas 0,1% do seu peso corporal. Esse tamanho proporcional é outra característica que faz do homem o único na criação.

  • Ele contém aproximadamente uma centena de bilhões de neurônios, cada um conectado a cerca de outros 10.000. Um pedaço de "matéria cinzenta" do cérebro do tamanho de uma cabeça de alfinete contém cerca de 60.000 neurônios. Durante o desenvolvimento do bebê no útero, são formados em média 250.000 neurônios por minuto. Os neurônios de apenas um cérebro são mais numerosos que as estrelas da Via Láctea.

  • O nosso cérebro usa cerca de 20% da energia do nosso corpo. Nos outros mamíferos esse número é de 5 a 10%. O cérebro recebe energia e nutrientes pela via sanguínea através de um intrincado sistema de pequenos vasos capilares.

  • O cérebro consegue processar aproximadamente 1.000.000.000.000.000.000 (um quintilhão) de sinais por segundo (cem milhões de vezes mais rápido do que qualquer supercomputador).

  • Fibras nervosas transmitem informação entre células cerebrais. No cérebro, o seu tamanho total é de cerca de 300.000 milhas, enquanto fora tem mais cerca de 240.000 milhas de fibras nervosas (com um milésimo de milímetro de espessura) carregando ordens e informações para cada parte do corpo. Os sinais são enviados em média a 100 milhas por hora (40 metros num segundo).

Células Cerebrais ou Neurônios

Cada neurônio é em si mesmo uma maravilha de complexidade e funções. Como todas as nossas células, ele tem um núcleo no qual o DNA é guardado e usado. O corpo do neurônio tem muitos filamentos longos, ou dendrites (como os ramos de uma árvore), que se estendem para encontrar outras células e receber impulsos vindos delas. Também tem uma fibra mais longa e espessa chamada axônio, que envia impulsos para outras células. A conexão entre os neurônios vai do fim do axônio para uma das dendrites de outro neurônio através de uma fenda estreita chamada de sinapse, pelos sinais químicos chamados de neurotransmissores. Assim, quando um sinal é transmitido, é como uma tomada sendo ligada. Usualmente, uma série de tomadas é ligada ao mesmo tempo, criando um caminho entre centenas de células, sendo talvez um caminho de um pensamento, ou um traço de memória. O resultado disso pode disparar sinais através das fibras nervosas para outras partes do corpo para causar ação. Você consegue sentir a grandeza de tudo isso - de como um pensamento é produzido? - e depois é tornado numa palavra ou ação?

Quando aprendemos certas habilidades, como ler, escrever ou contar, são criados caminhos que são constantemente reforçados pelo uso regular. Quando relembramos memórias, esses caminhos são ativados outra vez, mas, com a diminuição do seu uso, eles se tornam cada vez menos efetivos, o que nos faz "não lembrar". Também com a idade, alguns neurônios podem morrer e usualmente não são substituídos. Algumas conexões não podem ser feitas, então esquecemos mais!

Existem vários tipos de neurônios. Neurônios sensoriais transportam informação dos nossos órgãos dos sentidos (por exemplo, olhos, ouvidos); neurônios motores transportam informação para os músculos e as glândulas; interneurônios conectam entre os neurônios sensoriais e motores - eles compõem cerca de 97% de todo o sistema nervoso central. A maioria dos neurônios tem menos de um milímetro de comprimento, mas alguns dos neurônios motores na coluna vertebral, por exemplo, têm 1 metro de comprimento. Cada um foi individualmente desenhado e feito para o seu propósito, desde o formato e tamanho da célula até aos processos elétricos e químicos que fazem as conexões. O todo é desenhado para cooperar como um cérebro e identificar um ser humano. Quanto tempo isso tudo iria levar para evoluir? Nunca poderia ou conseguiria! Ele foi criado, uma maravilha e um milagre da iniciativa do próprio Deus.

Setores do Cérebro

Visto como um todo, o cérebro consiste de dois hemisférios, cada um controlando o lado oposto do corpo. Cada um é coberto por uma camada de células nervosas com 3 milímetros de espessura chamada de córtex cerebral. Ele é extensivamente convoluto (com dobras) para obter uma área de superfície maior. O córtex possui tanto funções motores quanto sensoriais, e diferentes seções podem estar relatadas a diferentes habilidades. Por exemplo, as seções que controlam e sentem as mãos, com os seus movimentos intrincados, e os lábios também, são muito maiores do que aquelas que controlam o pescoço ou os quadris.

O cérebro também contém órgãos-chave que coordenam a atividade, como a glândula pituitária e o hipotálamo. A pituitária segrega hormônios que são transportados pelo sangue para outras glândulas para estimulá-las. O hipotálamo, do tamanho de uma ervilha, é um maravilhoso centro de controle para o comer, o beber, o dormir, o regular a temperatura corporal e muitas outras importantes funções automáticas, como a respiração e o batimento cardíaco. Ele também controla a pituitária.

A Mente

Além do cérebro, mas ainda dependente dele, está a mente. O cérebro recebe informação pelos sentidos, processa-a por pensamentos e memórias, e a mente interpreta tudo isso de uma forma que influencia e é influenciada pela alma ou personalidade do indivíduo.

As Escrituras, muitas vezes, referem à mente e, por vezes, ao "coração" como o centro das nossas emoções e dos nossos desejos. Assim, "como imagina em sua alma, assim ele é" (Provérbios 23:7). "Do coração dos homens é que procedem os maus desígnios" (Marcos 7:21). "Amarás, pois, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma..." (Marcos 12:30). "Tende em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus" (Filipenses 2:5).

É tão importante usarmos o nosso cérebro para bons pensamentos, para focar e treinar as nossas mentes para amar a Deus. Quão necessário é refletirmos a mente de Jesus Cristo, o nosso Senhor.

 

autor: Bert Cargill.