• Português

Conte-me mais sobre a igreja (1)

 

Uma versão editada dos

Princípios da Igreja no Novo Testamento

de Arthur G. Clarke

Autorização concedida pela John Ritchie Christian Publications

Traduzido por R. David Jones


CAPÍTULO 1

O que é a igreja?

INTRODUÇÃO - Como podemos saber?

O que é uma igreja? Muitas pessoas vão dizer-lhe que é um edifício onde os cristãos se reúnem para adorar a Deus, semelhante a templos, capelas, sinagogas ou mesquitas para diferentes religiões. Você também vai descobrir que existem muitos tipos de "igrejas cristãs", com grandes diferenças entre elas. Muitas já existem há muito tempo.

Tudo isso pode tornar muito difícil encontrar a resposta à nossa pergunta: "O que é a igreja?" Poderíamos obter respostas diferentes de pessoas diferentes. Mas se quisermos uma resposta correta, vamos ter que ir para a melhor fonte de informação.

A resposta correta será encontrada somente na Bíblia, a Palavra de Deus. A Bíblia é o nosso único guia verdadeiro. Ela é a única autoridade em que podemos confiar. Lemos em 2 Timóteo 3:16 que "toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça". O que acreditamos (nossa doutrina), e o que praticamos, deve ser testado pela Palavra de Deus, guiado pelo Espírito Santo que habita em cada crente (1 João 2.20).

Temos que nos lembrar disso porque muitos que professam ser “igrejas cristãs” têm seguido as tradições há muito estabelecidas em vez de praticar o que a Bíblia ensina. Quando o Senhor Jesus estava aqui na Terra Ele tinha que dizer para alguns líderes religiosos: "Vocês deixam o mandamento de Deus e se apegam firmemente à tradição dos homens”. Ele citou Isaías: "Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. Mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são mandamentos de homens" (Marcos 7:6-8,13). Pessoas diferentes, mesmo pessoas boas e famosas, introduziram tradições diferentes à adoração e ao serviço cristão. Mas Deus, em Sua Palavra, dá uma orientação clara que é muito melhor do que tradições. Suas instruções são muito mais importantes do que os ensinamentos de grandes homens.

Assegure-se de fazer da Palavra de Deus a sua única autoridade e seu guia em aprender sobre a igreja. Através deste livro muitas referências bíblicas serão dadas. Você deve verificá-las e observar cuidadosamente o que elas ensinam. Você vai ter a melhor compreensão sobre a igreja desta forma.

DEFINIÇÃO - O que significa a palavra "igreja"?

No Novo Testamento, a palavra "igreja" nunca se refere propriamente a um edifício usado para os serviços religiosos de uma comunidade cristã. Muitas pessoas ficam surpresas com isso, porque a palavra "igreja" é tão comumente usada para se referir a um edifício. Mas isso não é o que esta palavra significa na Bíblia. Outra surpresa poderia ser a de descobrir que na Bíblia, "igreja" nunca é ligada a algum outro nome ou rótulo para descrever um grupo de cristãos professos controlados por alguma organização.

Portanto, temos de olhar dentro do Novo Testamento para ver como as igrejas são descritas ali. Isso faremos mais adiante neste capítulo. Mas primeiro devemos verificar no idioma original grego do Novo Testamento a palavra que é traduzida como "igreja". Essa palavra é ekklesia, que significa, literalmente, "um chamado para sair".

Esta palavra é usada para descrever a nação de Israel (Atos 7:38), uma multidão em Éfeso (Atos 19:32), e uma assembleia legal regular em Éfeso (Atos 19:39). Ela também descreve a igreja de Deus - um grupo de pessoas "chamadas para sair" do mundo para pertencer ao Senhor Jesus Cristo (Atos 15:14). A primeira ocorrência da palavra neste sentido é em Mateus 16:18, onde o Senhor Jesus disse: "Eu edificarei a minha igreja". É, portanto, mais correto referir-se à "igreja" como uma assembleia ou uma congregação. Para nos ajudar a lembrar disto, vamos muitas vezes usar a palavra "assembleia" neste livro.

COMPOSIÇÃO - O que é "a igreja" e o que é "uma igreja"?

O Novo Testamento distingue dois aspectos da igreja.

1.     A igreja” é universal, mundial e eterna. Alguns de seus membros já estão no Céu, enquanto outros continuam a viver na Terra.

2.     Uma igreja é local, onde os crentes se reúnem em algum lugar sobre a Terra.

Há apenas uma igreja universal, mas há muitas igrejas locais em muitos lugares. Vejamos isso com mais detalhes.

1. A Igreja Universal se compõe de todos os verdadeiros crentes no Senhor Jesus Cristo. Assim que as pessoas "nascem de novo" (João 3:3) tornam-se participantes da grande igreja. Elas foram chamadas para fora do mundo por obra do Espírito Santo. Todo crente em Cristo através da presente era está incluído neste grupo unido de crentes denominado “Sua igreja”.

Você pode ler em:

  •   Efésios 3:3-12 e Colossenses 1:24-27 sobre o plano eterno de Deus para a igreja;
  •   Mateus 16:18 sobre a promessa do Senhor Jesus para construí-la;
  •   Atos 2 sobre como começou na Terra, com a descida do Espírito Santo no dia de Pentecostes (depois da obra consumada de Cristo na cruz, Sua ressurreição e ascensão ao Céu);
  •   1 Tessalonicenses 4:13-18 sobre quando for completada, na vinda do Senhor Jesus nos ares para levar todo o Seu povo ao Céu.

2. Uma Igreja Local é a representação em miniatura da igreja universal. É um grupo de cristãos professos que se reúne regularmente em algum lugar no nome do Senhor Jesus Cristo. Mateus 18:20 nos dá a forma mais simples desse tipo de encontro.

Uma igreja local conforme descrita no Novo Testamento tem o Senhor Jesus como sua Cabeça. Ela é controlada pelo Espírito Santo, e obedece ao ensino da Palavra de Deus. No plano de Deus espera-se que apenas os verdadeiros crentes estejam na igreja local (1 Coríntios 1:2). Os incrédulos podem "se introduzir" (Atos 8:9-13, 18-23, 20:29; 2 Pedro 2:1; Judas v. 4), mas não existe base bíblica para uma mistura de crentes e descrentes ser conhecida como uma igreja.

  • Em Atos 8:1, 13:1; Apocalipse 2:1,8 etc., são dados exemplos de igrejas locais. Temos referências às igrejas locais em Atos 15:41, 16:5; 1 Coríntios 7:17; Apocalipse 2:1; 22:16. Elas são chamadas de"igrejas de Deus", mostrando sua origem e propriedade (1 Tessalonicenses 2:14);
  • "igrejas de Cristo", mostrando a sua redenção e responsabilidade (Romanos 16:16);
  • "igrejas dos santos", mostrando sua composição e caráter (1 Coríntios 14:33);
  • "igrejas dos gentios", mostrando o seu alcance por todo o mundo (Romanos 16:4).

DESCRIÇÃO – Qual é o seu propósito?

O caráter e as funções da igreja são descritos no Novo Testamento mediante algumas figuras de linguagem interessantes. Novamente devemos fazer distinção entre os aspectos universais e locais da igreja.

1. A Igreja Universal é sempre considerada em sua relação com o próprio Cristo. Ela foi destinada por Deus para a glória do Seu Filho amado. Ela pertence a Cristo: “Ele amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela... para que pudesse apresentá-la a si mesmo igreja gloriosa" (Efésios 5:25-27). Nunca houve a intenção de fazer dela uma agência para a glorificação do homem ou de procurar obter para ela um poder político no mundo.

Aqui estão as figuras de linguagem usadas no Novo Testamento para descrever a igreja de Cristo:

I. É um Corpo do qual Cristo é a Cabeça (Romanos 12:4-5; 1 Coríntios 12:12-13; Efésios 1:22-23, 4:4, 5:30; Colossenses 1:18).

Há uma união vital entre Cristo, que é a Cabeça e os cristãos que são membros do Seu Corpo. Como a Cabeça, Cristo é:

  • A origem da vida da igreja (Efésios 1:11-13 - "nele");
  • A fonte de alimentação da igreja (4:16 - "do qual");
  • O supervisor das atividades da igreja (4:15 - "naquele").

Os membros do corpo que estão na Terra expressam a vontade da Cabeça que está no céu. Eles O representam ao fazer o que Ele manda. Todo o corpo tem uma unidade necessária, mas os membros têm muitas funções diferentes individualmente, como num corpo humano.

II. É um Edifício do qual Cristo é o Construtor, e a principal Pedra da Esquina (Mateus 16:18; Efésios 2:19-22).

A igreja não é um edifício físico ou material, mas é descrita como um edifício espiritual. É um templo sagrado, um santuário projetado por Deus para a Sua “habitação” no Espírito. Deus deseja viver entre o Seu povo.

  • O arquiteto deste templo sagrado é o próprio Deus. A planta original era Sua (Efésios 1:4,22; 2 Timóteo 1:9).
  • Cristo é o Construtor, e a Rocha em que foi fundada (Mateus 16:18; note 1 Coríntios 3:10-11). A doutrina de Cristo ensinada pelos apóstolos no Novo Testamento está incluída nesta "fundação" (Romanos 15:20).
  • Ele é a principal Pedra Angular a partir da qual todo o edifício se alinha (Efésios 2:20-21; 1 Pedro 2:6; Isaías 28:16).
  • Ele é a Pedra da Esquina. Originalmente esta era a pedra no topo de uma pirâmide, uma bela pedra culminante no ápice (ver 1 Pedro 2:7; Marcos 12:10-11; Atos 4:10-11). O Salmo 118:22-23 e Zacarias 4:7-9 se referem desta maneira à pedra angular do templo de Salomão.
  • Neste templo espiritual os crentes são "pedras vivas" construídas sobre a Pedra Viva que é Cristo (1 Pedro 2:4-5).

III. É a Casa Espiritual ou Casa de Deus onde há responsabilidade e disciplina entre aqueles que nela vivem (1 Pedro 2:4-10, 4:17; 1 Timóteo 3:15; Hebreus 3:6, 10:21; Efésios 2:19; Gálatas 6:10).

A ideia de uma casa espiritual ou família segue a ideia de um edifício espiritual. No Velho Testamento, o tabernáculo com o seu sacerdócio e serviço é um retrato disso.

IV. É uma Noiva que pertence a Cristo e será unida a Ele para sempre (Efésios 5:28-32).

Há devoção mútua e companheirismo amoroso agora e para sempre. A igreja em seu caráter divino e eterno irá partilhar o domínio e governar com o seu Senhor quando Ele vier para reinar (Apocalipse 19:7, 12:2,9). Ela também é chamada de "Cidade”, sugerindo que será o centro da administração do nosso Senhor no futuro reino milenar. Em Sua Igreja glorificada Ele vai governar uma Terra renovada.

V. É um Rebanho do qual o Senhor Jesus é o Pastor (João 10:16; 21:15-17).

Isso é diferente de um "aprisco" (João 10:1,16), onde o povo terreno de Deus, Israel, foi mantido dentro dos muros da lei e da antiga aliança. No novo "rebanho" crentes verdadeiros são mantidos juntos pela atração do Bom Pastor, que tem um grande cuidado por todas as Suas ovelhas.

VI. É um novo homem (Efésios 2:11-18).

Em Cristo, os crentes judeus e crentes gentios agora não estão separados, mas são criados um novo homem. Nesta nova criação não existem distinções raciais ou sociais ou de gênero (1 Coríntios 12:13; Gálatas 3:26-28; Colossenses 3:10-11). A "parede divisória" entre judeus e gentios foi quebrada e a "inimizade" causada pela Lei foi tirada. Por Sua morte na cruz, Cristo reconciliou tanto judeus e gentios com Deus. Todos em toda parte são agora alcançados por meio do Evangelho em igualdade de condições.

2. A Igreja Local é uma expressão da igreja universal em alguma localidade. Vamos, portanto, descobrir que alguns dos termos usados para descrever a igreja universal também são usados para uma igreja ou assembleia local. Esta igreja será composta de crentes em Cristo reunidos em algum lugar numa aldeia, bairro ou cidade.

Cada crente já é um membro da igreja universal. A Bíblia ensina que cada crente deve também tornar-se um membro ativo de uma igreja local. Este é o tema do nosso próximo capítulo.

PARA ESTUDO ADICIONAL

  • A igreja é uma "morada" para Deus. Isto significa que Deus vai viver entre o Seu povo. Leia Apocalipse 18:2, o único outro lugar onde a palavra grega traduzida como “morada” é encontrada, e observe o grande contraste.

  • A expressão "Noiva de Cristo" não é realmente encontrada nas Escrituras, mas está claramente implícita em Apocalipse 21:2, 9. Leia Efésios 5:28-32 e encontre a conexão com Gênesis 2:21-24. Você pode pensar em outras ilustrações ou tipos assim no Velho Testamento?

  • No Velho Testamento a presença de Deus era especialmente conhecida no tabernáculo e no templo, com sacerdotes humanos selecionados para servir de maneiras especiais. Porque a igreja do Novo Testamento é diferente? (Leia Hebreus 9:24-28, 10:19-25).

  • Por que não encontramos referência à igreja no Velho Testamento?

PONTOS PARA LEMBRAR

  • A Bíblia é a nossa única fonte confiável de informações sobre a igreja.

  • A igreja é composta de pessoas que foram salvas pela graça de Deus. Não é um prédio físico, mas uma congregação de pessoas.

  • A palavra usada para “igreja”, na língua original do Novo Testamento é ekklesia. Isso significa um povo que foi chamado para fora do mundo para pertencer a Deus. A palavra "assembleia" é melhor e mais precisa.

  • Dois aspectos diferentes da igreja devem ser diferenciados - a igreja invisível universal e a igreja local, visível em qualquer lugar.

  • A igreja foi projetada por Deus para a glória de Seu Filho, nosso Senhor Jesus. Ele é sua Cabeça. Ela Lhe pertence.

  • Cristo amou a igreja e entregou-Se a Si mesmo por ela (Efésios 5:25).

  • Na igreja não há distinção de classe ou raça - todos são "um em Cristo Jesus" (Gálatas 3:28).

 

autor: Bert Cargill.