• Português

Destino Final - 2

07/01/1917 – 25/12/2007

Falecido recentemente, em 25/12/2007, o consagrado irmão William MacDonald dedicou a sua longa vida ao ensino das Sagradas Escrituras por mais de 50 anos. Ele é autor de mais de 80 livros de grande edificação para o povo de Deus. Destino Final é uma publicação inédita em nosso idioma, cuja tradução foi efetuada pelo estimado irmão Floyd Pierce que nos agraciou com este grande privilégio.

Jesus Ressuscitou

Mas como sabemos que a obra de Cristo, como nosso Substituto, satisfez ao Deus Pai? Sabemos isto porque ao terceiro dia o Pai ergueu o Senhor Jesus dentre os mortos (Romanos 4:25; 6:4 e 1 Coríntios 15:4). Foi uma prova cabal que Cristo completou a obra necessária para a nossa salvação e que Deus a aceitou. Se Deus não O tivesse ressuscitado, a Sua morte não seria diferente das demais. Jesus foi o Primeiro que Se levantou da morte num corpo glorificado para jamais morrer novamente.

Isto levanta outra questão! Se Cristo morreu por todos, não podemos, logicamente, deduzir que todos estão salvos? Não, não podemos! A obra do Senhor Jesus na Cruz é suficiente para a salvação de todos, mas ela se efetiva somente naqueles que O aceitarem como seu Substituto. Deus não está comprometido em levar pessoas ao céu que não desejam lá estar. Ele não pode povoar o céu com pessoas que ainda são pecadoras praticantes. Que tipo de céu seria se fosse habitado pelos piores pervertidos, assassinos e bandidos do mundo?

Como não ser salvo? Antes de chegarmos ao caminho de Deus pelo qual uma pessoa pode estar certa do céu, vamos pensar nos diversos caminhos falsos dos quais estão dependendo homens e mulheres.

A maioria das pessoas pensa que a salvação é alcançada pelas boas obras, mediante fazer o melhor possível, vivendo uma vida boa, ou pelas boas intenções. É isto que a maioria das religiões ensina e a maior parte das pessoas no mundo acredita. A Bíblia diz que esse caminho parece certo para as pessoas, mas termina em morte e perdição (Provérbios 14:12). Não é este o caminho para o céu. A salvação não é adquirida pelas obras meritórias de nenhuma espécie.

Como Poderei Ser Salvo?

A Bíblia diz que todos os nossos juízos são como trapos de imundícia (Isaías 64:6). Note que não é dito todos os nossos pecados, mas todas as nossas boas obras que são como trapos imundos. A Bíblia também diz que não são pelas obras de justiça praticadas por nós, mas segundo a Sua misericórdia é que Ele nos salvou (Tito 3:5). Ela insiste que a salvação não é alcançada pelas obras para que ninguém se glorie (Efésios 2:9).

A salvação não vem pelo batismo, por ser membro de uma igreja, contribuir financeiramente ou participar de rituais religiosos. Se a salvação fosse conseguida por tais obras, a morte de Cristo não seria necessária. Ele teria gasto Sua vida à toa caso houvesse outra alternativa (Gálatas 2:21). Se as boas obras fossem o meio de salvação, ninguém poderia saber se estaria salvo. Nunca saberia se tinha feito obras suficientes ou certas para isso. Mark Twain disse que se a salvação fosse por ser bom, seu cão entraria no céu e você ficaria fora.

Surpreendentemente muitas pessoas acreditam que ganharão o céu por guardarem os Dez Mandamentos. A maioria nem sabe citá-los, mas sabe que eles estão na Bíblia, portanto isto deve ser um indício. Todavia, o que as pessoas não sabem é que ninguém pode guardar perfeitamente esses Mandamentos. Deus os deu a fim de revelar o pecado (Romanos 3:20), não para revelar a salvação. Eles são o padrão de Deus para mostrar-nos o quanto falhamos.

A salvação não vem por meio da educação, ciência, filosofia, psicologia, materialismo, reforma ou um meio-ambiente melhorado:

  • A educação ensina o pecador, mas ele somente se torna num pecador educado.
  • A ciência pode explorar o universo, mas não pode mudar a vida interior de uma pessoa.
  • A filosofia é a sabedoria humana. Ao fim da sua vida, o filósofo americano Bertrand Russell disse: “A filosofia provou ser um desperdício para mim”.
  • A psicologia não pode explicar o comportamento humano, muito menos melhorá-lo.
  • O materialismo pode alimentar o estômago, mas não pode salvar a alma.
  • A costura pode vestir alguém com roupas novas, mas não coloca uma pessoa nova nas roupas.

Foi por isto que o Senhor Jesus disse: “Necessário vos é nascer de novo” (João 3:7).

Há Um Só Caminho Para O Céu

Deus oferece agora a salvação como presente gratuito para todos os que se arrependem dos seus pecados e recebem a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador (Atos 20:21). Vamos pensar nestas duas palavras: “arrependem” e “recebem”. São como os dois lados de uma só moeda. Nós nos arrependemos quando admitimos nossa necessidade de salvação. Cremos (o que é necessário para “receber”) quando aceitamos o caminho de Deus.

O que significa se arrepender? Um velho puritano disse que o arrependimento é o vômito da alma. Significa que você sente repulsa pelo seu pecado porque é vergonhoso e repugnante. Você dá meia-volta, voltando-se para Deus e afastando-se do pecado (Isaías 55:7).

O que significa crer? Isto você faz ao receber Jesus Cristo como sua única esperança de chegar ao céu. Você diz no seu coração: “Senhor Jesus, sei que sou um pecador e indigno do céu, mas creio que Tu morreste por mim na Cruz do Calvário, suportando a punição que deveria ser minha. Agora, num ato definitivo de fé, eu Te recebo como meu Senhor e Salvador, para viver para Ti de agora em diante”.

Crer em Cristo é vir a Ele do jeito que se está, com todos os pecados. Um pintor quis pintar um quadro do filho pródigo. Um dia viu um mendigo na rua e marcou uma hora para ele aparecer no seu estúdio no dia seguinte. O mendigo veio bem vestido e barbeado. O pintor lhe disse “Agora não posso usá-lo. Você deveria ter vindo como mendigo que realmente é”.

Crer é abrir a porta para Ele (Apocalipse 3:20). É colocar todo o seu peso sobre Ele como você faz quando se assenta numa cadeira. A fé é como pular de pára-quedas, você confia a sua vida àquele pedaço circular de fibra sintética. É como mergulhar numa piscina, você se submete à água sem reservas. É aceitar um indulto. Um indulto é apenas um pedaço de papel, para ser efetivo tem que ser aceito.

Crer em Cristo é a coisa mais sadia, sensata, racional que uma pessoa pode fazer. O que é mais razoável do que confiar no seu Criador? Não existe nada a respeito dEle que torne impossível crer nEle.

Não há risco em crer nEle. Ele é totalmente confiável e a Sua Palavra é a coisa mais segura no universo.

Nunca devemos esquecer as seguintes grandes verdades: A salvação está numa Pessoa, e essa Pessoa é o Senhor Jesus Cristo (João 17:3). Se você O tem, você está tão salvo quanto Deus pode fazê-lo (1 João 5:12).

Cristo é o Caminho para o céu (João 14:6). Ele é o único Caminho (Atos 4:12). Nenhuma quantidade de pecado é grande demais para impedir que Deus salve alguém (Hebreus 7:25).

Na realidade, é o seu pecado que o faz apto para a salvação. Cristo não veio chamar os justos, mas os pecadores ao arrependimento (Marcos 2:17).

É a sua falta de mérito que o faz um candidato primordial para a vida eterna. As únicas pessoas que vão para o céu são os pecadores que não merecem, mas que Deus perdoou.

Copyright © 2002 por William MacDonald
Publicado por D&K Press PO Box 2245 Castro Valley, California, 94546, USA 
Traduzido por Floyd Edgar Pierce Jr, Springfield, Illinois, 62704-2715, USA

autor: Warren Brown.