• Português

Destino Final - 3

07/01/1917 – 25/12/2007

Falecido recentemente, em 25/12/2007, o consagrado irmão William MacDonald dedicou a sua longa vida ao ensino das Sagradas Escrituras por mais de 50 anos. Ele é autor de mais de 80 livros de grande edificação para o povo de Deus. Destino Final é uma publicação inédita em nosso idioma, cuja tradução foi efetuada pelo estimado irmão Floyd Pierce que nos agraciou com este grande privilégio.

Uma Palavra-chave Do Evangelho

Este é um bom momento para parar e falar da “graça”, uma das palavras-chave da fé cristã. A graça é um favor não merecido que Deus mostra aos que na realidade merecem o oposto. É algo que você não pode obter em troca de trabalho ou mérito. É um dom gratuito. No momento em que você tenta obtê-lo por trabalho ou mérito, ele se torna uma dívida. O apóstolo Paulo faz esta distinção ao escrever: “Ora, ao que trabalha não se lhe conta a recompensa como dádiva, mas sim como dívida; porém ao que não trabalha, mas crê naquele que justifica o ímpio, a sua fé lhe é contada como justiça” (Romanos 4:4-5). Num outro lugar ele distingue entre a graça e as obras: “Mas se é pela graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça” (Romanos 11:6). Não são os nossos méritos que nos fazem merecedores do céu e sim os méritos de Cristo. Eis a razão por que não há graus de mérito para o céu. Não existe mérito além daquele que há em Jesus.

A Razão Por Que Algumas Pessoas Não Confiam Em Cristo

Parece insensato. Deus quer presentear a salvação livremente àqueles que aceitarem Seu Filho pela fé, mas o povo recusa o convite. Há diversas razões.

  • Em seu orgulho colossal, as pessoas se envergonham de Jesus Cristo que lhes diz: “Porquanto, qualquer que, entre esta geração adúltera e pecadora, se envergonhar de mim e das minhas palavras, também dele se envergonhará o Filho do homem quando vier na glória de seu Pai com os santos anjos” (Marcos 8:38).
  • Têm receio de uma reação violenta da família. O Senhor Jesus previu isto quando disse: “Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim” (Mateus 10:37).
  • Amam os seus pecados mais do que a Cristo. Esta é uma escolha irracional que será lamentada para sempre.
  • Amam o elogio dos homens mais do que o elogio de Deus (ver João 12:43).
  • Não estão tão desesperados como deveriam estar. A vida eterna não é a sua maior prioridade.
  • Temem que o custo seja demasiado, que seriam obrigadas a deixar de lado muitas coisas. Deveriam considerar o custo de não confiar em Cristo.
  • Sentem que são incapazes de continuar. Na sua própria força, não poderiam, mas quando o Senhor inicia uma obra na vida de uma pessoa, Ele segura aquela pessoa em Suas mãos poderosas.
  • Estão ocupadas demais. Quando um cristão visitou um homem de negócios, este lhe perguntou a razão da visita. “Queria falar com o senhor sobre a sua alma e onde passará a eternidade”. “Mas você não pode ver que estou ocupado?” O cristão estendeu a mão para se despedir e então disse: “Suponha que eu fosse a morte!”

DESCULPAS, DESCULPAS, DESCULPAS

Desculpas esfarrapadas abundam sempre que as reivindicações de Cristo são apresentadas às pessoas. Aqui estão algumas delas, juntamente com as respostas.

  • “Existem tantos hipócritas na igreja”. O Senhor não pede que você creia em outras pessoas, mas nEle.
  • “Tudo que a igreja quer é dinheiro”. Cristo não quer o seu dinheiro; quer a sua confiança.
  • “Que acontecerá aos que nunca ouviram o Evangelho?” O Juiz de toda a terra fará justiça (Gênesis 18:25). A questão não é sobre os pagãos, é sobre você que ouviu o Evangelho. O que você vai fazer com Ele?
  • “Por que Deus permite que tanto mal exista no mundo?” Através da obra expiatória de Cristo, mais glória veio para Deus e mais bênção para o homem caso o pecado não tivesse existido.
  • “Se os cristãos estão certos, por que existem tão poucos?” Na época do dilúvio, somente as oito pessoas que entraram na arca foram salvas, todas as outras pereceram na água. Não é verdade que a maioria esteja sempre certa.
  • “Como pode um Deus de amor mandar pessoas ao inferno?” As pessoas escolhem pessoalmente ir ao inferno quando recusam a oferta da salvação.
  • “Não é estreiteza de visão pensar que existe apenas um caminho?” Já foi mencionado que se existisse mais do que um caminho o Senhor Jesus não teria que morrer. Por que pagaria Ele um preço tão grande se um preço menor fosse o suficiente?
  • “Parece fácil demais”. Precisa ser fácil para que a salvação seja acessível a todos. Todos podem crer Nele, mas nem todos poderiam alcançar outra condição.

Estas são desculpas. O problema não está na mente; está na vontade. Jesus deixou isto bem claro quando disse: “Não quereis vir a mim para terdes vida” (João 5:40). Em outra ocasião Ele disse a Jerusalém: “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que a ti são enviados! Quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta a sua ninhada debaixo das asas, e não quiseste!” (Lucas 13:34).

O Momento Da Decisão

Cristo o convida a se arrepender, crer Nele e achar descanso (Mateus 11:28). Não se engane, pois você está a favor de Cristo ou contra Ele (Mateus 12:30). Se estiver contra Ele, você se coloca ao lado dos assassinos, dos terroristas, dos estupradores, dos pederastas, e outros sexualmente pervertidos. Seria este um círculo desejável de companheiros para a eternidade?

POR QUE VOCÊ DEVE CONFIAR EM CRISTO E SER SALVO?

Quatro fatos o compelem a dar uma resposta positiva ao chamado de Cristo:

  • Sua felicidade atual depende dela. 
  • Seu bem-estar eterno depende dela.
  • Você tem tudo para ganhar e nada a perder.
  • Não há nenhum risco.

Por Que Você Deve Fazer Isto Agora?

O momento atual é o único de que você pode ter certeza. Deus diz: “No tempo aceitável te escutei e no dia da salvação te socorri” (2 Coríntios 6:2). 
A vida é incerta. Todo dia pessoas se levantam e vão trabalhar, sem perceber que antes do anoitecer irão se encontrar com Deus. Alguns deixarão o planeta Terra hoje devido a um ataque cardíaco, um acidente ou um assalto violento. Há inúmeras possibilidades de morte súbita. 
A vinda do Senhor está perto. Jesus poderá vir a qualquer momento. Os que estão salvos se encontrarão com Ele no ar e retornarão com Ele à casa do Pai no céu (João 14:1-3). Os não salvos ficarão para passar um tempo terrível de juízo na terra (Mateus 24:21) e uma eternidade de perdição (Apocalipse 20:14-15). 
Você já O tem deixado fora da porta por muitos anos. Você não trata outros desta forma. Por que você trata seu Deus assim? Deixe-O entrar! 
Deus emitiu um decreto imutável para que todo joelho se dobre ao nome de Jesus e que toda língua confesse Jesus Cristo como Senhor (Filipenses 2:10-11). É melhor fazê-lo agora voluntariamente e ser salvo do que fazê-lo compulsoriamente depois e estar perdido eternamente. 
Uma criança contava as batidas do relógio quando tocava as horas na casa da avó. 
Um dia o relógio não estava em ordem e bateu 13, 14, 15 vezes. O menino correu à cozinha e disse: “Vovó, está mais tarde que nunca”. O dia da oportunidade está quase no fim. Um dia você comparecerá perante Deus e a pergunta será: “Que é que você fez com Meu Filho?” Seu destino final dependerá da resposta. “Quem crê no Filho tem a vida eterna; o que, porém, desobedece ao Filho não verá a vida, mas sobre ele permanece a ira de Deus” (João 3:36).

Copyright © 2002 por William MacDonald 
Publicado por D&K Press PO Box 2245 Castro Valley, California, 94546, USA 
Traduzido por Floyd Edgar Pierce Jr, Springfield, Illinois, 62704-2715, USA

autor: Warren Brown.