Boletim dos Obreiros
Quinta, 04 Outubro 2018 00:00

Jeremias José Cândido

... "Senhor meu Deus! Quantas maravilhas tens feito! Não se pode relatar os planos que preparaste para nós! Eu queria proclamá-los e anunciá-los, mas são por demais numerosos!” (Sl. 40:5). Desde o princípio da criação o Senhor Deus dá o pão para todos, o Sol e a Lua iluminam a todos, a chuva cai sobre os homens e animais trazendo bênçãos a todos. Contudo são bênçãos materiais, mas a maior bênção foi o Senhor Deus tomar a forma humana e chegando até a cruz para nos dar a bênção da salvação: A vida eterna. Isto não está sendo considerado pela maior parte da humanidade, pois só pensam nas coisas terrenas, porque se viverdes segundo a carne, morreis (Rm. 8:13) e com isso toda a criação geme com as consequências do pecado (Rm. 8:22). A providência do Senhor Deus não poupou a Seu Filho, mas O entregou por todos nós e depois que cremos ninguém pode nos condenar e nem nos separar do amor de Cristo (Rm. 8:34-35). Com isso temos a certeza de que nada relacionado a essa vida pode nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus (Rm. 8:38-39). Enquanto aqui temos lutas constantes contra as hostes malignas que lutam contra todo crente, atacando de todos os lados a nossa fé, de outro lado nos oferecendo inúmeras vantagens que se não estivermos prudentes somos atraídos pelo engano nos oferecendo muitas vantagens, assim como foi com o Senhor Jesus Cristo, satanás ofereceu vantagens admiráveis a Ele, mas Ele as rejeitou (Mt. 4:8-9 e Lc: 5-7). O Senhor Jesus não aceitou nenhuma oferta que aparentemente eram muito boas. Há tantos servos de Deus que estão caídos, derrotados porque as vantagens oferecidas por satanás eram boas aos seus olhos, mas o desejo do Senhor Deus quando começou em nós a Obra e nos aperfeiçoou até o dia de Jesus Cristo (Fp. 1:6), assim estamos sempre ocupados esperando do céu o Senhor Jesus Cristo (Ts. 1:10). Pensemos com atenção na letra do Hino 358. Com amor ... (17/09/2018).

Itens relacionados (por tag)