Boletim dos Obreiros
Quinta, 27 Dezembro 2018 00:00

Sebastião Vicente de Oliveira

... Estimado irmão José Carlos e leitores do Boletim dos Obreiros, meu desejo e rogos a Deus é que estejam todos gozando de boa saúde, paz e abundante graça por meio de Jesus Cristo, o unigênito de Deus, nosso Salvador e Senhor. É incrível! Minhas ocupações e preocupações fizeram com que o ano de 2018 passasse numa rapidez que mal consegui me comunicar com o povo de Deus aqui no Boletim dos Obreiros. O que faço agora com as minhas desculpas. Quero agradecer ao meu querido irmão José Carlos pela boa atenção no meu pedido de socorro enviado em maio/17 e dizer que tenho orado ao Senhor pela sua saúde. Graças a Deus, chegamos ao final do mandato como presidente do Hospital em 29/04/2018 dando posse ao meu sucessor, sem transtornar a instituição. Em tudo o nome de Deus foi glorificado. Quero comunicar que o meu ministério teve como base de atuação na igreja do Rio Marinho de Vila Velha-ES até 19 de agosto deste ano, a partir de então por uma exigência de mobilidade (eu minha mãe e minha irmã Jô), passamos a nos reunir na casa de oração do bairro Vale Encantado (Vila Velha-ES). É uma igreja com 18 anos de existência, 14 de emancipação, e uma igreja pequena em relação à igreja de Rio Marinho, conta com 57 matriculados na Escola Dominical e a assistência é relativamente boa. Não viemos a convite, nem saímos do Rio Marinho pelos problemas que sempre temos quando trabalhamos na Seara do Senhor. Como dissemos, trata-se de uma necessidade da idade. A casa de oração do Vale Encantado fica a três minutos da nossa casa. Minha mãe não estava se reunindo com a regularidade de costume e graças a Deus agora ela segue animada e não perde uma reunião em seus 94 anos; não falta às reuniões, e sempre é a primeira a se aprontar para mais uma reunião. Sua saúde melhorou muito depois dessa tão esperada e cobrada mudança. Minha irmã, junto com as demais mulheres da igreja, segue animada, nesse campo a nova é que em outubro elas resolveram reativar o ministério da União Feminina que a muito estava paralisada. Quanto a mim, sigo com as mãos sempre estendidas para as tarefas da obra, aqui temos trabalhado ajudando no que somos requisitados e com o firme propósito de não me envolver com responsabilidades de liderança. Deus tem revelado no meu dia a dia na igreja do Vale, uma nova e maravilhosa história. Minha atuação tem sido através das visitas, discipulado e ministério doutrinário. Durante esse ano, mesmo com uma agenda intensa no hospital, participei de algumas conferências missionárias. Para o ano de 2019 minha agenda externa está totalmente livre. Desde a minha recomendação há 10 anos, optei por não ser obreiro itinerante e assim continuará sendo. Livre e disposto a contribuir com as igrejas coirmãs quando demandado, mas nunca impondo a minha presença. Minha saúde tem sempre novidade. Nesses últimos dias passei por exames para averiguar algumas reações no coração que tem se enfraquecido, com batimentos abaixo de 50 bpm, mesmo com o Marca-Passo definitivo, quando o ideal segundo o médico devia estar entre 60 bpm e 100 bpm. Não tenho deixado de fazer nada por isso. Quanto mais me movimentar melhor é. Continuo contando com as ORAÇÕES dos irmãos, estamos animados com as possibilidades que o campo da igreja aqui no Vale oferece. Que Deus nos dê sabedoria para nos inserirmos e sermos úteis nessa frente da batalha. Ao irmão José Carlos, minhas felicitações por mais um ano de fidelidade ao Senhor nesse ministério do Boletim dos Obreiros nos ajudando, apesar de suas lutas diante do seu quadro de saúde. Nosso carinho e cuidado é recíproco meu irmão. Recebam meu abraço fraterno, e, que o ano de 2019 seja promissor a todos nós ... (NR: Estimado irmão Sebastião Vicente, agradeço-lhe por suas considerações e pelas orações em prol da minha saúde. Da mesma forma tenho orado pelo irmão para que o Senhor continue a assisti-lo em seu ministério e saúde, juntamente com os queridos familiares e amada igreja) ... (19/12/2018).

Informações adicionais

Itens relacionados (por tag)