Boletim dos Obreiros
Terça, 13 Fevereiro 2018 00:00

Quissanguela Numba Morrema

Queridos irmãos, esperamos que todos estejam bem, desfrutando da graça que em Cristo Deus nos revelou. Nós estamos bem, desfrutando dos cuidados providenciais de Deus mediante a Sua generosa graça e O louvamos pela maneira como sentimos amparados pelo Pai mediante o Seu agir em cada um dos irmãos, pelas ofertas e as preciosas orações em nosso favor que tem surtido grandes efeitos. “Portanto, queridos irmãos, continuem fortes e firmes. Continuem ocupados no trabalho do Senhor, pois vocês sabem que todo o seu esforço nesse trabalho sempre traz proveito” (1Co. 15:58). No ano passado havíamos partilhado com os irmãos que orassem em favor da tradução oral da Bíblia na língua materna santomense. Quero agradecer pelas orações e dizer que pela graça de Deus está fase já terminou com sucesso, hoje já temos uma boa porção da Palavra de Deus em áudio na nossa língua materna. Iniciamos este ano com treinamento para tradução escrita da Palavra Deus, a Sociedade Bíblica tem feito um trabalho fantástico para tradução escrita da Palavra de Deus, criando programa completo que ajuda o tradutor a seguir o padrão da tradução bíblica que foi usado até então, com auxílio exegético e pesquisas, já demos inicio a tradução escrita do Evangelho de Lucas. Peço a vossa ORAÇÃO pela minha equipe de tradução, trabalho com dois senhores como fonte oral, por favor, ORAI pela salvação deles, são pessoas que conhecem profundamente a nossa língua materna, mas não conhecem o Senhor como Salvador ainda. Luka – Santomé – Bíblia, Kap. 1 ... 1 Migu mu Tiofilu 2 Anda, yô ngê tason fe npenhu pa inen pô xklêvê tudu kwa di soya di Jizu, ku a tason fla jina komesu, antê tudu inen kwa xi ku inen ku vive ku Jizu, bê, bila conta. 3 Êlê, Manda, n tason da wê ni inen ben dadu, pa n pô xklev’ inen da bô, 4 Pa bô pô sêbê di tudu vêdê. Peço também que ORAI em favor dos jovens que estão sendo discipulados e pelo trabalho que realizamos todos os dias com crianças em “Ke Bega Xa”. ORAI e agradecei pela maneira como Deus está movendo as igrejas em São Tomé aos confins da terra. Aproveitamos para informá-los que na permissão do Senhor, guiado pela Sua soberana vontade, este será nosso último ano em São Tomé, em relação ao ministério já estamos tomando procedimentos para a nossa viagem a Guiné Bissau, são vários processos até o campo, mas louvamos a Deus pela Sua aprovação a cada passo. Estamos planejando irmos ao Brasil neste ano entre os meses de junho e julho, mas mais provável em outubro, onde ficaremos durante alguns meses, pois faz parte deste processo para irmos a Guiné. Amados irmãos apesar de tudo isso ser para nós uma miragem, um mistério, sabemos que não é para nosso Deus, a Quem decidimos confiar nossas vidas para fazer a Sua vontade. Pedimos desculpas, pela demora em enviar nossas notícias, porém sempre nos lembramos de vós em oração, com muita gratidão diante de Deus pelo que significais para nós e para o Seu reino aqui em São Tomé. “Deus é nossa proteção e nossa força. Ele é aquela ajuda na qual se pode confiar no dia da angústia. Por isso, não ficaremos perturbados, mesmo que o mundo seja destruído, mesmo que as montanhas desabem dentro do mar” (Sl. 46:1-2). Em Cristo Sanu e Same, Quilsa, Timóteo e a Miriam, São Tomé e Príncipe (12/02/2018).

Informações adicionais